Última hora

Em leitura:

Euro 2016: À falta de vitórias, festejam-se empates

the corner

Euro 2016: À falta de vitórias, festejam-se empates

Publicidade
  • Portugal fica no 3.º lugar do grupo: defronta a Croácia, no próximo sábado, dia 25 junho, às 20h.
  • Portugal passa à próxima fase sem vencer uma partida.
  • Cristiano Ronaldo marcou em 7 fases finais (Mundiais e Euros), o que nenhum outro jogador europeu conseguiu.
  • Islândia qualifica-se para os oitavos de final do Euro 2016.

Húngria 3-3 Portugal

Crónica de jogo por Bruno Sousa Twitter: @BrunoJoaoSousa

Portugal carimbou o apuramento para os oitavos-de-final com um empate a três frente à Hungria. Um resultado que deixou ambas as equipas satisfeitas, a Hungria porque terminou em primeiro lugar do grupo F; a equipa das quinas porque carimbou o passaporte mesmo sem ter festejado nenhuma vitória. Ainda assim, há motivos para estar otimista.

Não só porque Portugal parece ter resolvido finalmente os problemas na finalização (não terminou o “azar” nem aconteceu por acaso) mas sobretudo porque mostrou finalmente capacidade e paciência para ultrapassar uma defesa fechada. À falta de criativos, finalmente a mobilidade ofensiva começou a dar frutos. Foi pena a Hungria ter de se colocar em vantagem por três vezes para vermos o melhor Portugal em campo.


O primeiro tempo parecia confirmar as (más) indicações deixadas nos dois jogos anteriores. Portugal com muitas dificuldades para ultrapassar a muralha húngara e demasiados médios para “equilibrar” a equipa. Com tanto equilíbrio, não se criaram desequilíbrios.

Foi preciso Cristiano Ronaldo recuar no terreno para pegar no jogo (das poucas vezes que o fez) para criar uma situação de finalização digna desse nome. Nani não perdoou o passe a rasgar do madeirense e estabeleceu o empate.


O segundo tempo foi de loucos. Renato Sanches entrou e o jogo de Portugal mudou da noite para o dia. Mesmo com o segundo golo magiar a abrir, a equipa de Fernando Santos pegou finalmente no jogo e correu riscos no meio campo. Passou a ter os olhos na baliza contrária, a jogar no espaço. A criar desequilíbrios e só aí rematar. Uma receita que deu três golos.

Cristiano Ronaldo fez o seu melhor jogo no Euro. Inventou um golo para Nani e ainda marcou dois “golaços” no segundo tempo. Podiam ter sido mais. Infelizmente, a coragem foi-se esvaindo com o avançar da hora e o jogo acabou com as duas equipas a medo, satisfeitas com o empate. Ainda assim, não deixou de ser o melhor jogo da competição até ao momento.

Islândia 2-1 Áustria

A Islândia venceu a Áustria por duas bolas a uma no outro jogo do grupo F. Os islandeses ficaram em segundo lugar na tabela. Jon Dadi Boedvarsson foi o primeiro a marcar para a Islândia.

A Áustria, ainda na primeira parte, falhou um penalti e na segunda metade empatou a partida com um golo de Alessandro Schoepf. Já nos descontos, Arnor Ingvi Traustason fechou o marcador e deu a vitória aos islandeses.

Bélgica 1-0 Suécia

No grupo E, a Bélgica qualificou-se para os oitavos de final em segundo lugar. Os diabos vermelhos venceram por uma bola a zero a Suécia de Zlatan Ibrahimovic, naquele que foi o último jogo do capitão sueco pela seleção escandinava.

O golo belga foi marcado por Nainggolan a seis minutos do apito final. A Bélgica, nos oitavos, vai jogar contra a Húngria.

Itália 0-1 Irlanda

Na outra partida do grupo, a Irlanda venceu por uma bola a zero a Itália, que já se tinha qualificado. Com este resultado os irlandeses passam também para a próxima fase como um dos melhores terceiros classifiados. A Irlanda vai jogar agora contra França.

O treinador transalpino, Antonio Conte aproveitou para rodar a equipa e fez descansar alguns dos habituais titulares já a pensar na próxima partida contra a Espanha.



Protagonista da jornada

Oitavos de final

Agora que estão encontradas as 16 equipas que passam à fase seguinte, olhemos para o calendário dos oitavos de final:

No sábado à noite (21h, em França; 20h em Lisboa), em Lens, Portugal defronta a Croácia, a vencedora do grupo D. Em Saint-Etienne, a Suíça joga frente à Polónia. O País de Gales vai bater-se diante dos vizinhos da Irlanda do Norte no sábado à noite.

No domingo, França vai defrontar a Irlanda. Segue-se a partida entre a Alemanha e a Eslováquia. À noite, a Húngria joga contra a Bélgica.

Na segunda-feira terminam os jogos dos oitavos-de-final com o Inglaterra – Islândia e o Espanha – Itália.

A jornada nas redes sociais

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte