Última hora

Em leitura:

Israel e Turquia relançam relações

mundo

Israel e Turquia relançam relações

Publicidade

O primeiro-ministro israelita confirmou, esta segunda-feira, em Roma, que o país chegou a um acordo com a Turquia, para normalizar as relações entre os dois países, após seis anos de contendas. Um acordo benéfico para Israel, como explicou Benjamin Netanyahu, depois de um encontro com o Secretário de Estado norte-americano, John Kerry:

“Pus o Secretário Kerry ao corrente do nosso acordo com a Turquia. Penso que, por um lado, ele é um passo importante na normalização das nossas relações. Por outro, tem inúmeras implicações para a economia israelita e uso essa palavra deliberadamente, tem inúmeras implicações para a economia israelita e refiro-me a implicações positivas”, explicou Netanyahu.

A Turquia terá conseguido de Israel um pedido de desculpas pelo ataque militar contra um navio, que transportava ajuda humanitária para os palestinianos em Gaza, há seis anos e uma compensação financeira. Mas há outras questões mais importantes para o país:

“A situação na região forçou a Turquia a normalizar as suas relações com Israel. Penso que com a ameaça terrorista que representa o grupo Estado Islâmico e o PKK tornou-se inevitável melhorar as relações entre Israel e a Turquia”, afirmou o chefe do executivo turco.

Em 2014, o presidente turco afirmava que até que Israel parasse com a violência na Faixa de Gaza, a normalização das relações era impossível, finalmente outros interesses levantaram-se. Ainda assim, os turcos acreditam que está para breve o levantamento do bloqueio à Palestina isto apesar de Israel dizer que não.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte