Última hora

Em leitura:

Merkel mantém o Brexit sob pressão

mundo

Merkel mantém o Brexit sob pressão

Publicidade

“ A União Europeia é suficientemente forte para sobreviver à saída do Reino Unido” foi o disse esta terça-feira a chanceler alemã, Angela Merkel, diante dos deputados alemães, antes da cimeira europeia em Bruxelas.

Merkel lamentou que o Reino Unido tenha escolhido abandonar o bloco europeu, mas sublinhou que Londres não poderá esperar manter os privilégios da UE sem ter as obrigações.

“Garantiremos que as negociações não se desenvolverão segundo o princípio de ‘seleção a la carte’. (…) deve ser feita uma diferença entre ser membro ou não da família da UE”, insistiu a líder alemã. “Quem sai da família não pode esperar que todas as suas obrigações desapareçam e que seus privilégios sejam mantidos”, disse.

Merkel afirmou especialmente que, se o Reino Unido quiser guardar um acesso ao mercado único, deverá respeitar os princípios, sobretudo o da livre circulação de pessoas, um direito contra o qual os partidários do Brexit fizeram campanha devido à imigração.
Berlim descartou novamente iniciar as negociações enquanto Londres não tiver depositado formalmente seu pedido de saída, uma tarefa que o primeiro-ministro, David Cameron, deixou para seu sucessor que será designado até 2 de setembro.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte