Última hora

Em leitura:

Euro 2016: França termina conto de fadas com uma mão cheia de golos

the corner

Euro 2016: França termina conto de fadas com uma mão cheia de golos

Publicidade
  • França 5-2 Islândia
  • Franceses resolveram encontro com quatro golos no primeiro tempo
  • Giroud bisou e deu um golo a Griezmann
  • Atacante do Atlético de Madrid é o melhor marcador do torneio com quatro golos


Finalmente os golos

A França foi a última equipa a carimbar o passaporte para as meias-finais do Campeonato da Europa e também a que menos dificuldades sentiu. A vitória frente à Islândia nunca esteve em causa, aos 12 minutos Olivier Giroud abriu o ativo, aos 20 Paul Pogba aumentou a vantagem e ainda antes do descanso, Payet e Griezmann deixaram bem claro quem saíria vencedor.

O segundo tempo não passou de uma simples formalidade, valorizado pela atitude dos islandeses que nunca desistiram de procurar o golo. Foram recompensados por duas vezes, pelo meio, Giroud ainda bisou.

Com a maior goleada do torneio até ao momento, a França chegou aos onze golos e ultrapassou o País de Gales como o melhor ataque. O trio da ataque gaulês (Griezmann, Payet e Giroud) esteve endiabrado mas a chave do sucesso esteve mais atrás. Sem o castigado N’Golo Kanté, Didier Deschamps optou por recuar Paul Pogba para fazer dupla com Blaise Matuidi no meio-campo.

Como resultado, o médio da Juventus teve mais bola, mais espaço e mais influência. O domínio francês não foi obra do acaso. Mesmo estando mais longe da baliza adversária, Pogba deixou sempre a equipa mais próxima do golo que quando joga em terrenos mais adiantados.

Já a Islândia, caiu de cabeça erguida. A equipa foi fiel às ideias que apresentou ao longo da competição mas este domingo as suas limitações revelaram-se fatais.

Três lições a reter:

  • França muito forte no jogo aéreo, tem já cinco golos de cabeça no Euro 2016
  • Sem Adil Rami, a França mostrou dificuldades nas bolas paradas defensivas
  • Quanto mais bola tiver Paul Pogba, maiores as probabilidades de sucesso da França


Estrela do dia

Olivier Giroud é frequentemente apontado como o elo mais fraco do ataque francês. Este domingo o atacante do Arsenal deixou uma resposta aos críticos com dois golos e uma assistência, suficientes para ser eleito pela UEFA como o melhor jogador em campo.


O dia em fotos

EURO 2016 DAY 22 - quarter-final France v Iceland

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte