Última hora

Em leitura:

Dallas: Obama condena "ataque calculado e desprezível"

mundo

Dallas: Obama condena "ataque calculado e desprezível"

Publicidade

O presidente norte-americano reagiu aos ataques em Dallas, após uma reunião em Varsóvia, à margem da cimeira da NATO, com os presidentes do Conselho Europeu e da Comissão Europeia.

Sem apontar responsabilidades, Barack Obama qualificou a ação como um “ataque calculado e desprezível”, que, segundo ele, volta a revelar a facilidade com que se podem obter armas potentes no país.

“Ainda ontem falava da necesidade de que todos os norte-americanos estejam preocupados com as desigualdades raciais dentro do nosso sistema de justiça. Mas também lembrei o trabalho extremamente difícil da polícia e a forma como uma vasta maioria o realiza de forma excecional. Também lembrei a necessidade de apoiar estes agentes que fazem o seu trabalho diário, que nos protegem a nós e a todas as nossas comunidades. O que se passou hoje recorda os sacrifícios que fizeram por nós. Também sabemos que estes ataques são mais mortíferos e trágicos quando as pessoas dispõem de armas potentes”.

Barack Obama garantiu que os responsáveis do que considerou, “uma tremenda tragédia”, “sem justificação”, não vão escapar à justiça.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte