Última hora

Em leitura:

França prolonga estado de emergência até 2017

mundo

França prolonga estado de emergência até 2017

Publicidade

O estado de emergência em vigor em França vai ser estendido até janeiro do próximo ano.

A proposta aprovada na Assembleia Nacional segue, esta quarta-feira, para o Senado.

Instaurado após os atentados de novembro em Paris, o estado de emergência volta a ser prolongado, mas desta vez por um período de seis meses.

“É uma questão que colocamos a nós próprios. Será que fizemos tudo o que podíamos? Que resposta podemos dar a estes homens e mulheres que perderam os filhos? Mas devemos elevar o debate, escapar à demagogia porque o populismo é uma emboscada. Os que prometem tudo resolver com uma varinha de condão estão a mentir ao povo francês. A luta contra o terrorismo é longa” afirma Valls.

Muitos questionam, no entanto, as medidas adotadas pelo executivo francês para evitar ataques como o de Nice onde morreram 84 pessoas e cerca de 300 ficaram feridas. Entre elas estão quatro portugueses.

O condutor do camião – um cidadão franco tunisino de 31 anos – não estava referenciado por atividades terroristas.

Sabe-se agora que o camião não tinha autorização para circular na cidade no dia 14 de julho, por ser um feriado, dia que a França celebra a Tomada da Bastilha.

Cinco pessoas continuam detidas.

O terceiro ataque em território francês no espaço de 18 meses está a acentuar as divergências entre a direita e a esquerda e a fazer cair a pique a popularidade do chefe de Estado francês.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte