Última hora

Em leitura:

Do outro lado do Canal da Mancha: A espera interminável para chegar a França

mundo

Do outro lado do Canal da Mancha: A espera interminável para chegar a França

Publicidade

Filas intermináveis de carros, quinze horas de espera para alguns, este sábado, em Dover, no Reino Unido, para chegar ao controlo fronteiriço francês que permite apanhar o ferry para partir para França. Um controlo que existe também no outro lado do Canal da Mancha, mas no sentido inverso.

As filas de trânsito

A segurança é mais apertada, no âmbito do Estado de Emergência decretado em França mas, aparentemente, o número de polícias gauleses não é suficiente para fazer a revista a todas as viaturas ligeiras, autocarros de turismo e veículos de mercadorias.

Para quem esperava a situação era incompreensível:

“Perdi toda a noção de tempo e espaço”, refere um condutor que viaja com a família a mulher acrescenta “com três crianças no banco de trás é fácil imaginar… os mais pequenos precisam de ir à casa de banho seja lá onde for.”

“Penso que os ingleses, façam o que fizerem, nunca tiveram um plano. Não falemos do Brexit”, desabafa uma condutora.

Um começo de férias inesperado para centenas de turistas. Houve mesmo quem fosse obrigado a passar a noite no seu carro, na fila. Paciência é a palavra de ordem para estes viajantes para os quais não existe outra saída.

A polícia de Kent propunha-se ajudar a controlar o tráfego

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte