Última hora

Em leitura:

Dilúvio provoca pelo menos 21 mortos e 56 feridos na Macedónia (Antiga República Jugoslava)

mundo

Dilúvio provoca pelo menos 21 mortos e 56 feridos na Macedónia (Antiga República Jugoslava)

Publicidade

Pelo menos 21 pessoas morreram e 56 ficaram feridas em consequência do dilúvio que atingiu a região da capital da Antiga República Jugoslava da Macedónia, Skopje, segundo o novo balanço Ministério do Interior. O governo do país declarou o estado de emergência.

Em consequência das chuvas torrenciais da noite de sábado para domingo, várias pessoas ainda estão desaparecidas.

As operações de busca, realizadas pelo exército e polícia, vão continuar nos próximos dias, informou o ministro do Interior, Mitko Chavkov.

Vários bairros de Skopje, e das cidades de Stip e Kičevo ficaram inundados, sem luz e sem água potável.

“Nós não temos bombas de água para retirar a água. Estamos sem eletricidade e sem água potável. Isto é algo que não víamos há mais de 20 ou 30 anos,” informou um homem cuja casa tinha sido inundada.

“Perdi tudo o que tinha. Tudo o que tinha foi destruido. Filmem. Tudo o que construi ao longo de 60 anos foi destruído,” revelou uma mulher que habita da região atingida pelo dilúvio.

No espaço de duas horas terão caído mais de 90 litros de água por metro quadrado, o que equivale à média, normalmente, registada durante o mês de agosto.

Muitas vítimas apanhadas completamente de surpresa, não conseguiram fugir e acabaram por morrer afogadas em casa ou nos carros em que circulavam.

As tempestades também atingiram a cidade de Tetovo, causando danos materiais, mas sem provocar vítimas. O mau tempo afetou igualmente Ohrid, a estância balnear no lago do mesmo nome, no sudoeste do país.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte