Última hora

Em leitura:

EUA autorizam venda da Syngenta à ChemChina

empresas

EUA autorizam venda da Syngenta à ChemChina

Publicidade

As autoridades norte-americanas deram luz verde à compra da suíça Syngenta pela empresa pública chinesa China National Chemical Corp ChemChina.

Segundo a Bloomberg a maior produtora mundial de pesticidas, foi vendida por 43 mil milhões de dólares, cerca de 38 mil milhões de euros. Um acordo que vinha a ser negociado desde o início do ano.

Da fusão, que representa o maior negócio de sempre realizado por uma empresa pública chinesa, nasce a maior companhia mundial de pesticidas e produtos agroquímicos.

O futuro da Syngenta era incerto. A empresa estava a ser pressionada, entre outras coisas, pela instabilidade nos mercados, que estava a penalizar as suas receitas.

Ainda assim, em 2015, a administração da empresa suíça rejeitou uma oferta de compra por parte da norte-americana Monsanto, no valor de 46 mil milhões de dólares, cerca de 41 mil milhões de euros, por considerar que não era suficiente.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte