Última hora

Croácia: HDZ vence eleições mas precisa de alianças para formar governo

De acordo com os resultados ainda preliminares, os conservadores ultrapassaram a Coligação Popular, de centro-esquerda, e conseguiram eleger 61 deputados contra 54 dos rivais.

Em leitura:

Croácia: HDZ vence eleições mas precisa de alianças para formar governo

Tamanho do texto Aa Aa

A União Democrática Croata (HDZ) venceu as eleições parlamentares deste domingo, mas o partido de direita vai ter de formar uma coligação para conseguir os necessários 76 dos 151 lugares na Assembleia que lhe permitirão formar governo.

De acordo com os resultados ainda preliminares revelados esta segunda-feira, os conservadores do HDZ ultrapassaram a Coligação Popular, de centro-esquerda, liderada pelos Social-Democratas (SDP), e, com cerca de 60 por cento do sufrágio escrutinado, conseguiram eleger 61 deputados contra 54 dos rivais.

O líder do HDZ, Andrej Plenkovic, começou logo na noite de domingo a falar da necessidade de alianças para legitimar um novo governo, sendo que há quatro princípios de que parece não abdicar: Estabilidade política; segurança jurídica; um contexto de qualidade para o desenvolvimento económico; e a justiça social e solidariedade cristã.

“É a partir destes quatro princípios básicos que vamos negociar com os partidos que estiverem prontos para cooperar connosco. Estou certo que após esta vitória vamos ser o partido com o privilégio de formar um governo estável para os próximos quatro anos”, afirmou Plenkovic.

Um dos possíveis aliados do HDZ será a coligação MOST, a plataforma de listas independentes liderada por Bozo Petrov, que conseguiu, para já, apenas 13 deputados.

As exigências do MOST permitem antever, no entanto, uma negociação difícil para Andrej Plenkovic. Entre as propostas iniciais de Petrov estavam a mudança no financiamento dos partidos políticos, redução de impostos empresariais e uma zona económica no Adriático.

Uma aliança entre HDZ e o SPD também foi admitida por alguns analistas, mas Zoran Milanovic deitou por terra esta possibilidade e esta segunda-feira anunciou o abandono da liderança dos sociais-democratas nas próximas eleições do partido.

Uma eleitora residente em Zagreb interpreta a surpreendente vitória do HDZ nas eleições como mais uma extensão da atual tendência europeia. “Não estou nada surpreendida com o resultado. Na minha opinião, o HDZ venceu devido à tendência de direita que se vive na Sérvia e um pouco por toda a Europa. Aqui, na Croácia, são eles o partido de direita e por isso venceram”, referiu Ljerka Kavoci.