Última hora

Em leitura:

“Docks Art Fair”: Fotografia é sinónimo de negócio em Lyon

Cult

“Docks Art Fair”: Fotografia é sinónimo de negócio em Lyon

Em parceria com

Quinze galerias internacionais mostram o trabalho dos seus fotógrafos, na cidade francesa de Lyon, na “Docks Art Fair. O objetivo desta feira é desenvolver o mercado no Sul da Europa e atrair compradores de arte franceses e internacionais.

A “Docks Art Fair” é acessível e permite a presença de galerias menores. Com sede em Ramallah, a Gallery One veio até Lyon para promover as obras dos artistas palestinianos, Khaled Jarrar e Bashar Alhoun.

Algumas obras oferecem uma abordagem bastante artística. Sandra Senn constrói estruturas de madeira, que se parecem casas ou navios – e que são eternizadas em fotografias. A fotografia também pode desempenhar um papel fundamental no género documental. Bruno Hadjih trabalhou durante anos como fotógrafo documental. Aborda agora a urbanização do deserto do Saara argelino.

Esta feira é também uma ótima oportunidade para sentir o pulso ao mercado fotográfico e para conhecer vários fotógrafos. A fotografia é algo muito presente no quotidiano – muito devido à influência das redes sociais, mas nesta feira as fotografias em mostra quebram barreiras artísticas.

Artigo seguinte