Última hora

Última hora

Cairo Comix reúne artistas árabes e europeus

A capital do Egito recebe pelo segundo ano consecutivo o maior Festival de Banda Desenhada do país, o Cairo Comix.

Em leitura:

Cairo Comix reúne artistas árabes e europeus

Tamanho do texto Aa Aa

A capital do Egito recebe pelo segundo ano consecutivo o maior Festival de Banda Desenhada do país, o Cairo Comix.

Mais de 30 artistas, cartonistas e escritores estrangeiros afluiram ao certame que durante tês dias promete uma vaga de novidades e efervescência.

Paul Gravett, jornalista e especialista em banda desenhada comenta:
“O que está a acontecer aqui é enorme. Temos energia, talvez um pouco mais do que em outros países, por causa das mudanças na sociedade, os grandes desafios políticos que o Egito está a enfrentar e toda a região. A banda desenhada está a dar que falar porque há muitas coisas que precisam ser ditas. Estão a ter um papel muito importante”.

Enrique Klaus, especialista do Médio Oriente afirma: “A necessidade dos quadrinhos traz o reconhecimento por parte do público, é uma grande arte, não uma arte que é dirigida às crianças. Há uma série de necessidades em termos de desenvolvimento comercial.”

O objetivo dos organidaores do Cairo Comix 2016 é promover o contacto e a partilha entre criadores árabes e europeus.

Numa altura em que os conflitos se agudizam na zona no médio Oriente a arte pode ser uma arma de combate pela paz.