Última hora

Em leitura:

EUA bombardeiam pela primeira vez milícias hutis no Iémen


Iémen

EUA bombardeiam pela primeira vez milícias hutis no Iémen

Os Estados Unidos afirmam ter bombardeado três radares das milícias hutis do Iémen, em resposta a um ataque do grupo armado contra navios de guerra norte-americanos no mar vermelho.

Washington anunciou que se tratou de um “ataque limitado de auto-defesa”, prometendo responder a todas as “provocações”.

Trata-se da primeira vez desde o início do conflito entre as guerrilhas xiitas apoiadas pelo Irão e as forças sauditas, que os EUA lançam um ataque contra os hutis.

As forças norte-americanas tinham anunciado na quarta-feira, terem detetado o lançamento de mísseis de território rebelde contra a frota militar do país.

Os ataques, que não atingiram nenhum navio de guerra, aumentaram de intensidade nos últimos dias depois de um bombardeamento saudita ter visado um casamento na capital do Iémen, vitimando 140 pessoas.

Os funerais das vítimas decorreram esta quarta-feira, com a presença de altas personalidades das milícias anti-sauditas.

Os hutis controlam atualmente a capital e o norte do Iémen, sendo alvo dos bombardeamentos da coligação militar saudita, aliados dos Estados Unidos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Colômbia: Oposição apresenta propostas para rever acordo com as FARC