Última hora

Em leitura:

Faleceu astrónomo que descobriu cometa da missão Rosetta


Ucrânia

Faleceu astrónomo que descobriu cometa da missão Rosetta

O astrónomo ucraniano Klim Churyumov faleceu este sábado aos 79 anos. Se o nome ou o rosto podem não ser do conhecimento de muitos, já o legado do cientista goza de fama internacional.

Em 1969, juntamente com a colega Svetlana Guerasimenko, descobriu o cometa 67P, que viria a tornar-se, em 2014, no destino da missão da sonda Rosetta, da Agência Espacial Europeia, com o objetivo de ampliar os conhecimentos sobre a formação do Sistema Solar.

Na internet e, em particular, nas redes sociais, multiplicam-se as homenagens ao astrónomo ucraniano.

A morte de Churyumov ocorre apenas duas semanas depois do fim da missão Rosetta: a 30 de setembro, a sonda da Agência Espacial Europeia, lançada em 2004, despenhou-se de forma controlada na superfície do cometa 67P. O fim de uma odisseia espacial, mas apenas o início da aventura científica: atualmente, apenas 5 por cento dos dados recolhidos pela missão foram analizados.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Índia: 24 mortos em cerimónia Hindu