This content is not available in your region

Estados Unidos: Subida da inflação aumenta pressão sobre a FED

Access to the comments Comentários
De  Patricia Cardoso  com REUTERS
Estados Unidos: Subida da inflação aumenta pressão sobre a FED

<p>Os preços dos combustíveis e das rendas fizeram subir a inflação nos Estados Unidos em setembro. Segundo o Departamento do Trabalho, a taxa de inflação subiu 0,3%. Uma subida ligeira face ao mês precedente, mas em linha com as expectativas. </p> <p>Em termos anuais, a subida é de 1,5%, o maior aumento em quase dois anos. </p> <p>Excluindo a alimentação e a energia, os preços mais voláteis, a taxa de inflação subiu uma décima em termos mensais. No entanto, face ao mesmo período do ano passado, esta atinge os 2,2%.</p> <p>A Reserva Federal (<span class="caps">FED</span>) visa uma inflação na ordem dos 2%. Face aos dados, os economistas estimam que a robustez da economia começa a pressionar a inflação e pode levar o banco central a aumentar as taxas de juro em dezembro. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/US?src=hash">#US</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/inflation?src=hash">#inflation</a>: another hurdle cleared for the <a href="https://twitter.com/hashtag/Fed?src=hash">#Fed</a> <a href="https://t.co/RSYjeA5n6z">https://t.co/RSYjeA5n6z</a> <a href="https://t.co/ZjBSqUlDcH">pic.twitter.com/ZjBSqUlDcH</a></p>— Fathom Consulting (@fathomcomment) <a href="https://twitter.com/fathomcomment/status/788385349718384649">18 de outubro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>