Última hora

Última hora

EUA: Libertado um dos personagens centrais de "Making a Murderer"

Um juiz do Estado do Wisconsin ordenou a libertação de Brendan Dassey, uma das personagens centrais de série documentário “Making a Murderer”, que ilustra as falhas do sistema judicial dos Estados…

Em leitura:

EUA: Libertado um dos personagens centrais de "Making a Murderer"

Tamanho do texto Aa Aa

Um juiz do Estado do Wisconsin ordenou a libertação de Brendan Dassey, uma das personagens centrais de série documentário “Making a Murderer”, que ilustra as falhas do sistema judicial dos Estados Unidos.

Dassey, de 27 anos, foi condenado à prisão perpétua em 2007 por ajudar o tio Steven Avery a assassinar a fotógrafa Teresa Halbach. A série, difundida pela Netflix em 2015, escrutina a investigação do crime e levanta dúvidas sobre a culpabilidade ou inocência dos protagonistas, tendo motivado um debate nacional sobre os processos judiciais norte-americanos.

Avaliado com capacidades intelectuais reduzidas, Dassey foi, segundo os defensores, empurrado a confessar um crime em conjunto com o tio, num interrogatório bastante controverso. A divulgação do documentário levou milhares de norte-americanos a apelarem à libertação dos dois homens.