Última hora

Em leitura:

China vai construir réplica do Titanic num parque de diversões


China

China vai construir réplica do Titanic num parque de diversões

A China lança um novo projeto para reconstruir o mítico navio Titanic, desta vez dentro de um gigantesco parque de atrações a centenas de quilómetros do mar.

As obras, que deverão estar terminadas no final do próximo ano, foram iniciadas esta quarta-feira em Suining, na província do Sichuan, no sudoeste do país.

O projeto conta com a colaboração de um produtor de cinema de Hollywood, Curtis Schnell, responsável pela réplica do Titanic.

“Porquê construir isto na China? Porque o Titanic é algo reconhecido por todos. Os Estados Unidos podem fazer um parque “Kung Fu Panda”, mas para a China, o Titanic representa algo que tem um valor universal”, afirma o financiador do projeto Su Shaojun.

O parque de diversões deverá propor uma praia artificial e réplicas de igrejas de Veneza e castelos europeus.

Um investimento de mais de 140 milhões de euros que parece longe de entusiasmar os habitantes locais.

“Se não fóssemos obrigados a mudar-nos, então talvez este projeto fosse bom para nós. Podia ser uma oportunidade de negócio e de emprego. Mas quando temos que abandonar esta zona e ainda por cima sem indemnizações, temos razões para não estar entusiasmados”.

O novo Titanic estático poderia rivalizar com outra réplica chinesa do malogrado navio. A construção de um Titanic II pronto a navegar tinha sido anunciada em 2012, antes do projeto naufragar sem um iceberg à vista.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Cuba: Cinzas de Castro a caminho de Santiago de Cuba