A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

China vai construir réplica do Titanic num parque de diversões

China vai construir réplica do Titanic num parque de diversões
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A China lança um novo projeto para reconstruir o mítico navio Titanic, desta vez dentro de um gigantesco parque de atrações a centenas de quilómetros do mar.

As obras, que deverão estar terminadas no final do próximo ano, foram iniciadas esta quarta-feira em Suining, na província do Sichuan, no sudoeste do país.

O projeto conta com a colaboração de um produtor de cinema de Hollywood, Curtis Schnell, responsável pela réplica do Titanic.

“Porquê construir isto na China? Porque o Titanic é algo reconhecido por todos. Os Estados Unidos podem fazer um parque “Kung Fu Panda”, mas para a China, o Titanic representa algo que tem um valor universal”, afirma o financiador do projeto Su Shaojun.

O parque de diversões deverá propor uma praia artificial e réplicas de igrejas de Veneza e castelos europeus.

Um investimento de mais de 140 milhões de euros que parece longe de entusiasmar os habitantes locais.

“Se não fóssemos obrigados a mudar-nos, então talvez este projeto fosse bom para nós. Podia ser uma oportunidade de negócio e de emprego. Mas quando temos que abandonar esta zona e ainda por cima sem indemnizações, temos razões para não estar entusiasmados”.

O novo Titanic estático poderia rivalizar com outra réplica chinesa do malogrado navio. A construção de um Titanic II pronto a navegar tinha sido anunciada em 2012, antes do projeto naufragar sem um iceberg à vista.