Última hora

Em leitura:

Escândalo Volkswagen: CE avança contra sete Estados-membros


Economia

Escândalo Volkswagen: CE avança contra sete Estados-membros

A Comissão Europeia anunciou, esta quinta-feira, que decidiu agir, com um procedimento de sanções, contra sete Estados-membros no âmbito do escândalo relacionado com da manipulação de emissões poluentes pela Volkswagen.

Da lista constam a Alemanha, Espanha, Grécia, Lituânia, Luxemburgo, Reino Unido e República Checa.

Em causa está o facto de vários Estados não terem sancionado a construtora depois de se descobrir a manipulação do desempenho dos motores de automóveis em termos de emissões de gases.

“Vários Estados-membros falharam na aplicação das sanções previstas na lei comunitária para dissuadir e desencorajar os fabricantes automóveis de violar a legislação. Outros falharam na aplicação de sanções, no caso específico da Volkswagen, onde ocorreu uma violação da lei ao serem usadas técnicas fraudulentas”, explicou a porta-voz do executivo comunitário para a Indústria, Lucía Caudet.

As autoridades nacionais dos Estados-membros são quem está encarregue da certificação e homologação dos veículos para serem comercializados no mercado único europeu.

Os Estados enumerados dispõem agora de sete meses para responder ao executivo comunitário.