This content is not available in your region

Forças iraquianas apoiadas pelos EUA continuam a combater pela reconquista de Mossul ao Daesh

Access to the comments Comentários
De  Luis Guita
Forças iraquianas apoiadas pelos EUA continuam a combater pela reconquista de Mossul ao Daesh

<p>Ao segundo dia de uma nova ofensiva para expulsar o autodenominado Estado Islâmico da cidade de Mossul, esta sexta-feira, as forças iraquianas continuavam a avançar no bairro de Intisar.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Iraqi forces launch a rocket in <a href="https://twitter.com/hashtag/Mosul?src=hash">#Mosul</a>'s eastern Al-Intisar neighbourhood. Photo Ahmad Al-Rubaye <a href="https://t.co/6X4XtSQ9ow">pic.twitter.com/6X4XtSQ9ow</a></p>— <span class="caps">AFP</span> Photo Department (@AFPphoto) <a href="https://twitter.com/AFPphoto/status/814886310318141440">December 30, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Após uma pausa de duas semanas, as tropas iraquianas, apoiadas por ataques aéreos liderados pelos Estados Unidos da América, avançaram para o leste da cidade, realizando assaltos com várias frentes.</p> <p>Centenas de habitantes continuam a fugir da cidade que desde 2014 é controlada pelo Daesh.</p> <p>A reconquista de Mossul será provavelmente o fim do califado do Estado Islâmico,</p> <p>“Basta. Já chega de medo. Deixem o povo partir. Se os do Estado Islâmico são realmente homens devem deixar o povo sair e enfrentar o exército iraquiano. Se são realmente corajosos, deixem as pessoas sair e lutem sozinhos. Todas as pessoas querem livrar-se das mentiras deles,” afirma um habitante de Mossul</p> <p>Desde que a ofensiva começou, em meados de outubro, as forças apoiadas pelos <span class="caps">EUA</span> reconquistaram um quarto da cidade aos “jihadistas”.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Over 100,000 people have been displaced since the fighting began in <a href="https://twitter.com/hashtag/Mosul?src=hash">#Mosul</a> – many of them are children. <a href="https://twitter.com/hashtag/Iraq?src=hash">#Iraq</a> <a href="https://t.co/detsyRDVYK">pic.twitter.com/detsyRDVYK</a></p>— <span class="caps">ICRC</span> (@ICRC) <a href="https://twitter.com/ICRC/status/811525806023471104">December 21, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Segundo as Nações Unidas, desde o início da operação, aproximadamente 120 mil pessoas fugiram de Mossul.</p>