Última hora

Em leitura:

Quem são as vítimas do ataque terrorista de Istambul?


Turquia

Quem são as vítimas do ataque terrorista de Istambul?

Enquanto a polícia turca alarga a caça ao homem pelo suposto autor do ataque contra a discoteca Reina de Istambul, vão surgindo mais detalhes acerca de algumas das 39 pessoas que perderam a vida na noite de Ano Novo.

Cerca de 600 pessoas celebravam a passagem de ano quando o atirador abriu fogo, disparando pelo menos 180 balas com uma arma automática no interior do local, conhecido por atrair turistas e personalidades famosas.

Dois terços das vítimas são estrangeiros.

Ainda não há uma lista oficial das vítimas, mas através de informações compiladas das redes sociais e relatos consulares, a euronews criou a lista seguinte.

h3>Quem são as vítimas e qual a sua nacionalidade

No domingo, o cônsul-geral do Líbano em Istambul confirmou a morte de três cidadãos libaneses: Rita Shami, Elias Wardini e Haikal Mussalem.

Rita Shami

O primo, Ziad Chami, fez-lhe uma pequena homenagem nas redes sociais. A conta Facebook de Shami foi “imortalisada”.

Elias Wardini e Haikal Mussalem

Wardini e Mussalem eram jogadores de basquetebol.

Depois de ser conhecida a sua morte, a Liga de Basquetebol Libanês publicou um tributo no Twitter.

Mussalem, que se tinha casado recentemente, era dono de um clube de “fitness”. A esposa, Mireille Khoury, terá sobrevivido ao ataque.

h3>Arábia Saudita

Shahad Samman

De acordo com a versão inglesa da Al Arabiya, Samman era uma advogada recentemente formado.

Ela morreu na discoteca, enquanto esperava pela chegada do resto da família. Numa das últimas publicações que fez nas redes sociais antes de morrer, Samman desejou aos seguidores um feliz Ano Novo, livre de dificuldades.

“Em breve embarcaremos num novo início, num novo capítulo”, escreveu.

h3>Turquia

*Hatice Karcilar *

Karcilar trabalhava como segurança numa empresa privada de Istambul e tinha uma filha de três anos. Não se sabe, de momento, se estaria em trabalho ou lazer na discoteca, na noite do ataque.

Kenan Kutluk

Kutluk trabalhava como empregado de mesa na discoteca Reina, conhecida por atrair personalidade internacionais, nomeadamente jogadores de futebol.

Kutluk era uma adepto da equipa turca Galatasaray. Na sua página no Facebook, tinha publicado uma foto de um encontro com o jogador espanhol Diego Costa e com o alemão de origem turca Melvut Ozil.

Fatih Çakmak

Çakmak também era segurança privado e estava em serviço na noite de Ano Novo.

A discoteca Reina publicou a sua fotografia, juntamente com as de Karcilar, Kutluk e Yunus Görmek, classificando-o de “amigo”.

Burak Yildiz

Yildiz era um polícia de 22 anos e foi reconhecido pelos colegas, através da publicação seguinte no Facebook.

h3>Índia

Abis Rizvi

Abis Rivzi era um produtor de cinema e realizador de filmes “Bollywood”.

De acordo com a página Facebook da sua empresa, a cremação de Rivzi terá lugar esta quarta-feira, em Mazgaon, perto de Bombaim.

A ministra indiana dos Negócios Estrangeiros, Sushma Swaraj, confirmou a morte de Rivzi e de outra cidadã indiana, Khushi Shah, através da sua conta no Twitter.

h3>Israel

Leanne Nasser

Nasser, de 18 anos, era proveniente da cidade israelita de Tira. Segundo o Jerusalem Post, Nasser era uma jovem tímida que iniciava carreira como especialista em higiene dentária.

O pai, Zahar, tinha tentado evitar que viajasse a Istambul para celebrar o Ano Novo. “Tinha uma sensação”, disse Zahar ao Jerusalem Post . “Disse-lhe para não ir, mas a juventude é teimosa. Disse-lhe que não valia a pena, face a atual situação em termos de segurança”.

h3>Outras vítimas identificadas

Alaa Al-Muhandia: 29 anos. Canadiana, dois filhos, proveniente de Milton (Ontario).

Mehmet Kerim Akyil: 23 anos. Turco, viajou da Bélgica para Istambul para celebrar o Ano Novo.

Bulent Sirvan Osman: 38 anos. Iraquiano, dois filhos, proveniente de Irbil, estava em Istambul em negócios.

Abdullah Ahmed Abbolos: 32 anos. Palestiniano, vivia na Arábia Saudita e foi celebrar a passagem de ano na Turquia.

Khushi Shah: 27 anos. Estilista proveniente de Vadodara, cidade do estado ocidental de Gujarat, na Índia. De acordo com o “The Indian Express”, estava em Istambul para realizar uma sessão fotográfica de moda .

Ayhan Arik: 47 anos. Turco, dois filhos, trabalhava como agente de viagens.