Última hora

Em leitura:

Turquia: dois dirigentes da Dogan Holding detidos por suspeita de ligações a golpe falhado


Turquia

Turquia: dois dirigentes da Dogan Holding detidos por suspeita de ligações a golpe falhado

O chefe consultor jurídico e o antigo diretor executivo do poderoso grupo turco Dogan Holding, Erem Turgut Yücel e Yahya Üzdiyen, foram detidos no quadro das investigações ao golpe de Estado falhado de julho do ano passado.

Yücel e Üzdiyen foram interpelados na sequência de buscas nas suas casas e nos escritórios da Dogan Holding. Segundo um comunicado da empresa, a operação policial surge na sequência da detenção, no início de dezembro, do representante do grupo em Ancara, Barbaros Muratoglu.

A Dogan Holding é particularmente influente nos setores da construção, da energia e da imprensa, controlando o diário turco Hürriyet e a televisão CNN-Türk.

As autoridades suspeitam que vários quadros dirigentes da empresa têm ligações com a rede do influente clérigo no exílio, Fetullah Gülen, que Ancara acredita ser o cérebro por trás do golpe falhado.

Mais de 100.000 pessoas foram detidas, despedidas ou suspensas de funções na sequência da tentativa falhada, numa vasta purga que suscitou nomeadamente inquietudes na Europa acerca de liberdade de imprensa e de expressão na Turquia.