Última hora

Em leitura:

Noruega: Fim das emissões em FM ameaça deixar milhares sem rádio


Noruega

Noruega: Fim das emissões em FM ameaça deixar milhares sem rádio

A Noruega torna-se o primeiro país da Europa a suprimir as transmissões de rádio em FM – a frequência modulada.

O condado de Nordland, no norte do país, foi o primeiro, esta quarta-feira, a fazer a transição para a rádio digital que deverá substituir as frequências analógicas até ao final do ano.

A medida, aprovada pelo parlamento, permitirá poupar mais de 25 milhões de euros anuais de dinheiro público e aumentar o número de canais de rádio, dos atuais cinco para mais de quarenta.

A responsável da alta autoridade dos media noruegueses, Line Langnes, afirma:

“vamos introduzir novos produtos nos próximos meses, vamos criar botões táteis e a conversão de texto em voz, que vai permitir ouvir os dados que surgem nos ecrãs dos rádios”.

A decisão está no entanto longe de estar em sintonia com a maioria da população quando apenas 20% dos autorádios do país estão preparados para a receção de rádio digital.

Numa sondagem recente apenas 16% da população apoiava a transição digital. Em causa, o preço dos adaptadores, cerca de 70 euros, e a impossibilidade de milhares de ouvintes de receberem mensagens e alertas de emergência.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

mundo

A imparável "montanha russa" de Donald Trump