Última hora

Em leitura:

Líderes dos Trabalhistas e da Escócia criticam discurso de Theresa May


Reino Unido

Líderes dos Trabalhistas e da Escócia criticam discurso de Theresa May

No Reino Unido as reações ao discurso de Theresa May, sobre o plano britânico para a saída do país da União Europeia, não se fizeram esperar.

O líder do Partido Trabalhista critica a Primeira-ministra:

“Ela falou em sair do mercado único mas, ao mesmo tempo, quer acesso ao mercado único. Não estou certo de qual vai ser a posição da Europa. Acho que temos de conseguir um acordo que nos garanta o acesso ao mercado, há empregos britânicos que dependem desse mercado e é isso que vamos defender. Agora se é, especificamente, este tipo de mercado? Não sei. Parece-me que ela quer o bolo todo para ela”, adiantou Jeremy Corbyn.

Quanto à Escócia, a responsável pelo governo, Nicola Sturgeon, diz que a saída do país do mercado único vai contra os interesses escoceses:

“A Primeira-ministra enviou o Reino Unido, estrada a baixo, em direção ao brexit. Ela não é impulsionada pelo interesse do país mas pelo interesse da direita, do seu próprio partido. Isso é, profundamente, lamentável. A Escócia não pode ser levada por um caminho pelo qual não votou e que vai contra os sues interesses. Apresentámos variadas propostas, vamos continuar a tomar decisões, ordeiramente. Mas não estou preparada para permitir que os interesses da Escócia se desvaneçam”, afirmou Sturgeon.