EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Líderes dos Trabalhistas e da Escócia criticam discurso de Theresa May

Líderes dos Trabalhistas e da Escócia criticam discurso de Theresa May
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No Reino Unido as reações ao discurso de Theresa May, sobre o plano britânico para a saída do país da União Europeia, não se fizeram esperar.

PUBLICIDADE

No Reino Unido as reações ao discurso de Theresa May, sobre o plano britânico para a saída do país da União Europeia, não se fizeram esperar.

O líder do Partido Trabalhista critica a Primeira-ministra:

“Ela falou em sair do mercado único mas, ao mesmo tempo, quer acesso ao mercado único. Não estou certo de qual vai ser a posição da Europa. Acho que temos de conseguir um acordo que nos garanta o acesso ao mercado, há empregos britânicos que dependem desse mercado e é isso que vamos defender. Agora se é, especificamente, este tipo de mercado? Não sei. Parece-me que ela quer o bolo todo para ela”, adiantou Jeremy Corbyn.

Quanto à Escócia, a responsável pelo governo, Nicola Sturgeon, diz que a saída do país do mercado único vai contra os interesses escoceses:

“A Primeira-ministra enviou o Reino Unido, estrada a baixo, em direção ao brexit. Ela não é impulsionada pelo interesse do país mas pelo interesse da direita, do seu próprio partido. Isso é, profundamente, lamentável. A Escócia não pode ser levada por um caminho pelo qual não votou e que vai contra os sues interesses. Apresentámos variadas propostas, vamos continuar a tomar decisões, ordeiramente. Mas não estou preparada para permitir que os interesses da Escócia se desvaneçam”, afirmou Sturgeon.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Theresa May sai da União Europeia Confiante

Brexit pode custar 10 mil milhões de euros/ano aos cofres da UE

Reino Unido procura reconstruir as relações com a Europa