Última hora

Agricultores gregos manifestam-se violentamente em Atenas

O que começou por ser uma manifestação pacífica de cerca de um milhar de agricultores gregos, em Atenas, acabou em violência contra a polícia.

Em leitura:

Agricultores gregos manifestam-se violentamente em Atenas

Tamanho do texto Aa Aa

O que começou por ser uma manifestação pacífica de cerca de um milhar de agricultores gregos, em Atenas, acabou em violência contra a polícia.

O grupo, vindo maioritariamente da ilha de Creta, protestava contra a reforma dos impostos e das pensões, conduzida pelo governo de Alexis Tsipras, à qual lançam críticas:

“É uma catástrofe, não vale a pena produzir porque os custos são elevadíssimos, não conseguimos produzir de forma competitiva no mercado e a preços que os consumidores possam pagar”, explica o presidente de uma associação de agricultores de Creta, Manolis Orfanoudakis.

“Eles têm de mudar as reformas tributárias e das pensões para incentivar o setor, para que possamos trabalhar. Mas eles não querem que trabalhemos, querem matar-nos, querem tirar-nos da Europa”, adianta Yannis Klironomou, um dos agricultores.

A violência começou quando a polícia tentou impedir os agricultores de seguirem a sua marcha, colocando um autocarro a barrar o caminho, o que os enfureceu.

A Grécia está, atualmente, em discussões com os credores sobre as reformas económicas adicionais necessárias para cumprir as obrigações relativas ao resgate.