Última hora

Última hora

Ataque a hospital militar no Afeganistão

No Afeganistão, pelo menos 30 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas esta quarta-feira num ataque a um hospital militar de Cabul.

Em leitura:

Ataque a hospital militar no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

No Afeganistão, pelo menos 30 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas esta quarta-feira num ataque a um hospital militar de Cabul. De acordo com as agências internacionais, pelo menos um homem armado entrou no edifício. O ataque decorreu durante mais de uma hora: ao que tudo indica foi ouvida uma primeira explosão, depois vários disparos. Mais tarde foram registadas mais duas explusões.

Um médico que estava no local explica que “estava no bloco operatório quando um bombista suicida, vestido com o uniforme de médico, entrou e disparou contra mim. Quando disparou deitei-me no chão mas um disparo atingiu um colega meu. Não sei bem como, mas consegui escapar por uma porta dos fundos que estava totalmente coberta com arame farpado”.

As vítimas foram transportadas para o hospital civil Wazir Akbar Khan. Para já, não se sabe se são membros das forças de segurança, pessoal médico ou doentes.

Destaque ainda para o facto deste hospital militar estar localizado muito perto da embaixada norte-americana.
Para já ninguém revindicou a autoria do ataque. Um porta-voz do movimento Taliban garantiu que não tinha informações sobre o atentado.