Última hora

Última hora

"Estado da União": cimeira da UE, Hungria e Dia da Mulher

Com 27 votos a favor e um contra, o polaco Donald Tusk foi reeleito para um segundo mandato de dois anos e meio no comando do Conselho Europeu, a instituição que representa os chefes de Estado e de go

Em leitura:

"Estado da União": cimeira da UE, Hungria e Dia da Mulher

Tamanho do texto Aa Aa

Com 27 votos a favor e um contra, o polaco Donald Tusk foi reeleito para um segundo mandato de dois anos e meio no comando do Conselho Europeu, a instituição que representa os chefes de Estado e de governo da União Europeia.

A eleição decorreu, quinta-feira, durante a cimeira da União Europeia, em Bruxelas, e está em destaque no “Estado da União”, o programa que passa em revista a atualidade europeia da semana.

Na sexta-feira, os Estados-membros, com a exceção do Reino Unido, tentaram chegar a acordo sobre um modelo para o relançamento do projeto europeu por ocasião da celebração dos 60 anos do Tratado de Roma, a 25 de março.

Outro tema em destaque é a continuação da política anti-imigração na Hungria. O governo ultraconservador viu aprovada, no Parlamento, uma lei que permite deter todos os requerentes de asilo.

Para fechar, recordamos o Dia Internacional dos Direitos da Mulher, celebrado a 8 de março. De acordo com a iniciativa “Brussels Binder”, entre os 1500 especialistas convidados para 229 debates em Bruxelas, apenas um terço dos oradores eram mulheres.

Aliás, um quinto dos eventos organizados tinha apenas oradores masculinos. Perguntámos como se pode aumentar a presença de mulheres a Sarah Halls e Charlotte Brandsma, que lançaram esta plataforma.

Agenda:

-segunda, 13 de março (até 16): sessão plenária do Parlamento Europeu, em Estrasburgo

- terça-feira, 14 de março: chanceler alemã Angela Merkel viaja para Washington, onde se reunirá com o presidente dos EUA, Donald Trump

- quarta-feira, 15 de março: eleições legislativas na Holanda