Última hora

Em leitura:

Palestina e ONU condenam novo colonato anunciado por Netanyahu


Israel

Palestina e ONU condenam novo colonato anunciado por Netanyahu

Os palestinianos e as Nações Unidas desaprovam a decisão de Israel construir um novo colonato na Cisjordânia.

O anúncio foi feito quinta-feira, por Benjamin Netanyahu, apesar das negociações com Washington sobre a questão.

A imprensa local garante que Israel vai limitar as novas construções, quase exclusivamente, a colonatos já existentes. Isto apesar do Primeiro-ministro israelita ter afirmado que será construído um novo colonato na faixa de Gaza para albergar quem vivia naquele que era conhecido por “Amona”, e que foi evacuado por ordem do tribunal, em fevereiro último:

“Eu prometi, desde o início, que criaríamos um novo colonato. Creio que me comprometi a fazê-lo em dezembro e vamos cumpri-lo agora. Adiantarei mais detalhes sobre a matéria mais tarde”, afirmou Netanyahu.

Na quinta-feira centenas de palestinianos assinalaram, como todos os anos, o aniversário do Dia da Terra, desta vez o 41º. Um dia para lembrar as vítimas, mortas
pelas tropas israelitas, durante os protestos de 1976 contra os planos para confiscar terras árabes na Galileia, no norte de Israel.

A manifestação terminou em confrontos com a polícia israelita.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Coreia do Sul

Coreia do Sul: Sewol chega a terra 3 anos após naufragar