Última hora

Em leitura:

Colômbia: vítimas mortais em deslizamento de terra


Colômbia

Colômbia: vítimas mortais em deslizamento de terra

Pelo menos 17 pessoas morreram e cerca de 10 estão desaparecidas, segundo a Cruz Vermelha, depois de vários deslizamentos de terras provocados por chuvas intensas numa zona montanhosa da Colômbia, conhecida pela produção de café.

Vários bairros de Manizales, capital da província de Caldas, foram afetados, depois do equivalente, numa noite, a um mês de chuva, segundo as autoridades.

O Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, afirmou a sua intenção de se deslocar à área afetada assim que possível: “Os aeroportos de Manizales e Pereira estão fechados de momento, mas assim que reabrirem iremos acompanhar Manizales neste momento de dificuldade.”

Um vídeo publicado pelo próprio Presidente dá conta da situação já no local:

Este é o segundo deslizamento de terras mortal este mês, na Colômbia.

Em Mocoa, Putumayo, morreram mais de 320 pessoas e milhares foram desalojadas no início de Abril.

Os deslizamentos de terras são comuns na Colômbia, fruto da pluviosidade, paisagem montanhosa e fragilidade da construção.

Alemanha: Líder do partido de extrema-direita AfD não é candidata às eleições federais

Alemanha

Alemanha: Líder do partido de extrema-direita AfD não é candidata às eleições federais