Última hora

Tribinal italiano diz que telemóveis provocam cancro

Apesar da decisão, os cientistas não são unânimes.

Em leitura:

Tribinal italiano diz que telemóveis provocam cancro

Tamanho do texto Aa Aa

A comunidade científica continua dividida, mas para um tribunal italiano, não há dúvidas: o uso do telemóvel provoca o cancro.

O tribunal condenou a Telecom Italia a pagar uma indemnização a um trabalhador, Roberto Romeo, que terá contraído um tumor cerebral devido ao uso excessivo do telemóvel. Embora fosse um tumor benigno, a operação fez com que perdesse a audição num dos ouvidos: “Não houve avisos, ninguém nos disse para falar através do sistema de voz alta nem para fazer telefonemas curtos. Ninguém nos fez esses avisos, usávamos o telemóvel tanto quanto precisávamos”, diz o homem.

Esta “decisão do tribunal”:
http://www.dw.com/en/italian-court-rules-cell-phone-use-linked-to-tumor/a-38527193 pode vir a fazer jurisprudência. Há muito que vários cientistas tentam provar a relação entre os telemóveis e o tumor cerebral. Os estudos feitos até agora não foram conclusivos: “O conjunto dos estudos feitos até agora sobre este tópico não nos permitem concluir que os telemóveis sejam cancerígenos ou que haja uma relação de causa-efeito entre o uso dos telemóveis e os tumores, sejam no cérebro ou noutras partes do corpo”, diz Alessandro Polichetti, pesquisador no Instituto Nacional de Saúde.

Esta foi a primeira decisão de um tribunal a admitir a relação entre cancro e telemóveis. Os juízes rejeitaram todos os estudos científicos financiados pelas empresas de telecomunicações.