Última hora

Em leitura:

Venezuela: 3 mortos em manifestações pró e contra o Governo de Nicolás Maduro


Venezuela

Venezuela: 3 mortos em manifestações pró e contra o Governo de Nicolás Maduro

Pelo menos três pessoas foram mortas e 12 outras ficaram gravemente feridas, segunda-feira, na Venezuela, durante manifestações pró e contra o Governo do Presidente Nicolás Maduro.

Os incidentes ocorreram em Barinas e Mérida. Em Caracas também houve confrontos.

Desde o início de abril, as manifestações a favor e contra o Governo já provocaram pelo menos 26 mortos, mais de 100 feridos e 800 detidos.

A segunda-feira venezuelana foi igualmente marcada pelo bloqueio das principais estradas do país, quando milhares de pessoas se juntaram para exigir a saída do presidente.

Manifestações feitas mesmo depois de Nicolás Maduro ter apelado ao diálogo, após três semanas de protestos violentos

Ao contrário de algumas mobilizações anteriores, o bloqueio ocorreu de forma pacífica.

“Estamos cansados, os jovens estão a sair do país, não há futuro aqui. Não queremos mais violência, mais gente morta por causa deste regime, que é um regime criminoso. Queremos sair disto. A única forma que temos para colocar um ponto final nisto tudo é protestar pacificamente na rua,” afirmou uma das participantes nos bloqueios.

No domingo, o Presidente venezuelano reiterou o convite à oposição para um diálogo.

A oposição exige a convocação de eleições antecipadas, a libertação de presos políticos e o fim da repressão