Última hora

Em leitura:

Especialistas defendem via diplomática: "Devemos conversar em vez de gritar com Pyongyang"


Rússia

Especialistas defendem via diplomática: "Devemos conversar em vez de gritar com Pyongyang"

As conversações entre a Rússia e o Japão fazem parte de um esforço diplomático relativo a Pyongyang. Os EUA pretendem exercer uma política de pressão máxima através de sanções e atividades diplomáticas. Funcionários do Ministério de Relações Exteriores de Tóquio acompanharam o primeiro-ministro japonês a Moscovo: “A situação na Coreia do Norte é preocupante. Para nós, para a Rússia e para a comunidade internacional. Os dois líderes discutiram francamente. O primeiro-ministro Abe pediu ao presidente Putin para que tenha um papel construtivo para tentar fazer mais pressão – necessária à Coreia do Norte.”

O ex-embaixador russo na Coreia do Sul, Gleb Ivashentsov, está habituado a picos de tensão com a Coreia do Norte e já descreveu o caminho para a paz na região como sendo “tortuoso”: “o nosso objetivo é tentar persuadir os nossos parceiros nos EUA, Japão e Índia que devemos conversar em vez de gritar com Pyongyang e em vez de manter os porta-aviões próximos das suas costas. Porque pode haver uma falha no sistema, neste momento é muito difícil dizer onde vai acontecer… Se na Coreia do Norte, nos EUA ou no Japão”.

Macedónia

Macedónia: Nacionalistas invadem o parlamento e atacam deputados da oposição