Última hora

EI cercado em Mossul retalia em zona xiita de Bagdade

A explosão de uma viatura armadilhada provocou a morte de quatro pessoas, ferindo outras seis, esta sexta-feira, numa área xiita da capital iraquiana.

Em leitura:

EI cercado em Mossul retalia em zona xiita de Bagdade

Tamanho do texto Aa Aa

A explosão de uma viatura armadilhada provocou a morte de quatro pessoas, ferindo outras seis, esta sexta-feira, numa área xiita da capital iraquiana.

O ataque suicida, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI), ocorreu no bairro de Karrada, junto às instalações da polícia de trânsito, provocando a morte de pelo menos um oficial.

A explosão de um camião armadilhado tinha morto mais de 300 pessoas, na mesma área, em julho, num dos vários atentados reivindicados pelo EI.

O novo ataque ocorre num momento em que os combatentes do grupo islamita se encontram cercados pelo exército no noroeste de Mossul, na zona medieval da cidade.

Na terça-feira, os militares tinham conseguido retomar o controlo do bairro de Hay al-Tanak, uma das zonas mais importantes do oeste de Mossul, o último reduto dos combatentes naquela que foi a capital do autoproclamado “califado”.

O exército enfrenta uma resistência violenta na zona antiga, com vários ataques suicidas e ações com gás tóxico, numa área onde permanecem ainda mais de 400 mil civis, segundo a ONU.