Última hora

Ataque em Melbourne investigado como "incidente terrorista"

A polícia australiana está a investigar o ataque em Melbourne, reivindicado pelo autodenominado Estado Islâmico, como um "incidente terrorista."

Em leitura:

Ataque em Melbourne investigado como "incidente terrorista"

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia australiana está a investigar o ataque desta segunda-feira em Melbourne, reivindicado pelo autodenominado Estado Islâmico, como um “incidente terrorista.” O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, Malcolm Turnbull, que descreveu como um crime “cobarde e chocante” o ataque em que um homem armado fez uma refém num aparthotel. No mesmo edifício foi encontrado, já sem vida, um australiano de origem chinesa.

“Trata-se de um ataque terrorista e reforça a necessidade de nos mantermos permanentemente vigilantes, de nunca nos deixarmos dissuadir e de desafiarmos o terrorismo islâmico”, disse, em conferência de imprensa, o chefe de Governo australiano.

O atacante, um homem de 29 anos, acabou por ser neutralizado pela polícia após um impasse de mais de uma hora. Durante a troca de tiros, três agentes da polícia ficaram feridos.