Última hora

Em leitura:

"Inferno" de Pedrogão: em direto do terreno esta manhã


Portugal

"Inferno" de Pedrogão: em direto do terreno esta manhã

A correspondente da euronews, Filipa Soares, explica a situação em direto do terreno, na manhã desta segunda-feira:

“A Zona centro de Portugal acordou esta manhã envolta numa intensa nuvem de fumo. Sente-se também, há no ar, um forte cheiro a queimado. Começou a chover, o que pode eventualmente ajudar no combate aos incêndios, uma vez que continuam quatro frentes ativas, com todos os operacionais no terreno, embora os meios aéreos não possam, para já, atuar, devido às condições atmosféricas.”

“Por volta da uma da manhã, o centro de comando das operações teve de ser mudado, aqui para Avelar, desde Pedrogão Grande, devido ao evoluir do incêndio, que entretanto se foi alastrando a outros concelhos.”

“Estão reunidos desde a emergência médica, aos bombeiros, à GNR, à polícia… Também o Exército está aqui presente e, claro, a Proteção Civil. Estão todos reunidos a ver como é que podem enfrentar a difícil situação no terreno.”

“Entretanto, espera-se também que continue a chegar ajuda externa. No terreno há já ajuda de França, Itália e Espanha. Haverá mesmo cerca de cem operacionais espanhóis que foram deslocados para Portugal para ajudar os bombeiros portugueses [a combater o] incêndio, que já matou dezenas de pessoas.”