Última hora

Em leitura:

Arábia Saudita de olhos postos numa minissaia


Arábia Saudita

Arábia Saudita de olhos postos numa minissaia

Uma minissaia volta a levantar o véu sobre a situação das mulheres na Arábia Saudita.

As autoridades do país lançaram uma caça à modelo que se fez filmar em minisaia na cidade de Ushayqir, 150Km a norte de Riade, numa das zonas mais conservadoras do reino Wahhabita, uma corrente fundamentalista do Islão.

As imagens, publicadas na rede social “Snapchat” levaram a polícia religiosa a abrir uma investigação para tentar localizar a modelo, identificada como “Khulood”.

A mesma modelo tinha já estado no centro de uma polémica há alguns meses depois de publicar um vídeo ao volante de um carro, desafiando a lei que proíbe as mulheres de conduzir.

O porte da minisaia é proibido no país onde a Sharia, a lei islâmica, obriga as mulheres a ocultarem as formas do corpo com roupa larga e véu.

No topo dos países com menos paridade entre sexos, a Arábia Saudita autorizou recentemente as mulheres a votar ou frequentar a escola sem autorização de um homem, embora permaneçam proibidas de conduzir nas estradas do país.