Última hora

É o fim da temporada para Novak Djokovic. O tenista sérvio, de 30 anos, anunciou, esta quarta-feira, numa nota publicada nas redes sociais, que devido à lesão num cotovelo decidiu “não jogar em nenhuma competição ou torneio até ao final da temporada 2017”. O número quarto do “ranking” mundial fica fora do Open dos Estados Unidos, que arranca no final de agosto, e da meia-final da Taça Davis, ao serviço da Sérvia, em setembro.

Esta é uma lesão que tem um ano e meio, que me incomodou em muitos torneios, durante esse período, no último ano e meio, mas aumentou nos últimos dois meses, particularmente, em Wimbledon nos quartos-de-final, pelo que tive de retirar-me”, afirmou Djokovic.

Segunda-feira, o médico da equipa sérvia, na Taça Davis, tinha dito que Djokovic deveria “permanecer inativo de seis a 12 semanas” e apontava a cirurgia como “última opção”, acrescentando que a alta atividade do tenista e o pouco descanso não têm ajudado na recuperação. Este afastamento pode valer ao sérvio uma queda para a 15ª posição do “ranking” ATP.