Última hora

Misteriosos "ataques acústicos" atingem diplomata canadiano em Cuba

Depois das queixas dos diplomatas dos Estados Unidos em Havana, agora são os canadianos que se queixam de um possível "ataque acústico" feito em Cuba.

Em leitura:

Misteriosos "ataques acústicos" atingem diplomata canadiano em Cuba

Tamanho do texto Aa Aa

Depois das queixas dos diplomatas dos Estados Unidos em Havana, agora são os canadianos que se queixam de um possível “ataque acústico” feito em Cuba.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Canadá afirmou, quinta-feira, que está a investigar a situação de um diplomata canadiano em Havana com dores de cabeça e perda de audição.

Um dia antes, os Estados Unidos relataram que alguns dos seus diplomatas tinham sofrido sintomas idênticos

Entretanto, as autoridades canadianas informaram que estão a trabalhar numa investigação com funcionários norte-americanos e cubanos, sobre os “incidentes” não especificados que provocaram sintomas físicos.

Um dispositivo sofisticado, que operava fora das frequências de som audíveis para o ser humano, foi instalado, dentro ou fora das residências de diplomatas norte-americanos que vivem em Havana, segundo funcionários do Departamento de Estado dos Estados Unidos.