Última hora

"Whose streets?": As manifestações de Ferguson pelo olhar dos ativistas

Documentário compila imagens captadas pelas lentes dos telemóveis dos manifestantes na frente dos confrontos.

Em leitura:

"Whose streets?": As manifestações de Ferguson pelo olhar dos ativistas

Tamanho do texto Aa Aa

Numa altura em que os Estados Unidos debatem a violência de Charlottesville chega às salas de cinema do país um documentário sobre os confrontos que ocorreram em Ferguson em 2014 após a morte de um jovem afro-americano, baleado pela polícia no meio da rua. “Whose Streets” compila imagens captadas pelas lentes dos telemóveis dos manifestantes na frente dos confrontos.

Os realizadores decidiram avançar com este projeto por considerarem que a cobertura do caso de Michael Brown não foi correta. Sabaah Folayan explica que “noite após noite via na televisão uma realidade diferente do que acompanhava nas ruas. Por isso quiseram mostrar as experiências que viveram durante as noites dos protestos”.

As ruas foram ocupadas durante vários dias, a violência acabou por tomar conta de Ferguson, no Missouri. Mas os realizadores querem mostrar mais que a violência, pretendem mostrar o que moveu os ativistas durante esse período.

“Whose streets? é considerado um dos candidatos ao título de documentário do ano nos Estados Unidos.