Última hora

Federação Internacional de Judo consagra o reeleito presidente Marius Vizer

Marius Vizer explica que "é uma grande honra para mim servir no próximo ano a família do judo. Com a minha equipa trabalhamos para a promoção do judo".

Em leitura:

Federação Internacional de Judo consagra o reeleito presidente Marius Vizer

Tamanho do texto Aa Aa

O ciclo foi renovado na cidade de Budapeste. A Federação Internacional de Judo reune-se antes dos Campeonatos do Mundo para consagrar o recém reeleito presidente Marius Vizer. O austríaco, de origem romena lidera os destinos do organismo desde 2007 e está pronto para um novo mandato.

Marius Vizer explica que “é uma grande honra para mim servir no próximo ano a família do judo. Com a minha equipa trabalhamos para a promoção do judo, para o desenvolvimento do judo no mundo, para transmitir para a sociedade os valores deste desporto. Honra, respeito, disciplina, auto-controlo e coragem. Acredito que desta forma podemos ter um mundo melhor”.

Dentro e fora da Federação Internacional de Judo as opiniões parecem unânimes. Envic Galea, diretor academia da IJF, lembra que “temos assistido a uma mudança milagrosa na forma como o judo é visto. Antes era um dos muitos desportos que fazia parte dos Jogos Olímpicos, mas agora é “O desporto” nos Jogos Olímpicos. Está a tornar-se muito popular e o público percebe isso. Antes falavamos japonês, agora falamos um japonês que todos percebem e isso aconteceu graças à visão do presidente’‘.

Mike Tamura, presidente da Federação Canadiana deste desporto afirma que ‘‘Marius Vizer levou o judo para um nível que antes era impensável para este desporto. É extraordinário que ele fez pelo desporto. Têm sido tempos fantásticos”. Uma opinião partilhada por George Kerr, galardoado com um 10th DAN: “acho que ninguém podia ter feito tanto”.

Estony Pridgeon, secretária geral da União Africana de Judo, acredita que “é o culminar de um grande processo no mundo do judo e de desenvolvimento da modalidade nos últimos 10 anos, tem sido inacreditável. Vizer tem sido um grande lider para nós e uma inspiração, sobretudo para nós em África. Tem ajudado a elevar os nossos padrões ao nível da federação’‘.

Jean Luc-Rougge, presidente da Federação Francesa de Judo, afirma que esta “é a renovação dentro da continuidade, Marius mudou tudo, fazendo melhor, desenvolvendo o nome da atividade, na organização, encontrando meios e alargando o aspeto da educação no judo. É muito importante”.