Última hora

Macron, a grande entrevista

A revista Le Point publica a primeira grande entrevista com o presidente francês desde o início do mandato.

Em leitura:

Macron, a grande entrevista

Tamanho do texto Aa Aa

No mesmo dia em que foram apresentados os detalhes da reforma do código do trabalho em França, a revista Le Point publica uma entrevista de vinte páginas com o presidente Emmanuel Macron, a primeira grande entrevista desde que assumiu o mandato, há três meses.

Europa

“Quero uma Europa que seja um continente com as dimensões das potências americana e chinesa”, diz o presidente na entrevista. Angela Merkel foi a primeira personalidade estrangeira a receber a visita de Macron e é uma figura omnipresente – até através do livro que o presidente está a ler, um trabalho sobre a chanceler alemã. Para Macron, é essencial voltar a dar ritmo à construção europeia, que se perdeu com o “não” no referendo de 2005 e da qual o Brexit foi apenas a mais recente crise.

Trabalho

Macron promete “uma transformação profunda” no mundo do trabalho, noutra parte da entrevista. É o que parece estar a acontecer quanto às reformas no Código do Trabalho, apresentadas também esta quinta-feira. Fortemente contestadas pelos sindicatos mais à esquerda, as reformas aumentam, por um lado, as indemnizações em caso de despedimento, mas por outro limitam essas indemnizações e simplificam a vida ao patronato, sobretudo no caso das PME de menos de 50 trabalhadores. O próprio Macron qualifica, na entrevista, a reforma no trabalho como “revolução coperniciana”.

A entrevista de Macron chega numa altura de perda de popularidade. Já o cão presidencial, Nemo, parece ser a nova estrela do Eliseu e o “chouchou” dos fotógrafos.