This content is not available in your region

Espanha expulsa embaixador norte-coreano em Madrid

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Espanha expulsa embaixador norte-coreano em Madrid

<p>A diplomacia internacional tenta pressionar a Coreia do Norte a todos os níveis. O ministro dos Negócios Estrangeiros espanhol anunciou que indicou ao embaixador norte-coreano no país para abandonar Espanha até ao final do mês. Os testes e o programa nuclear de Pyongyang são a justificação para esta decisão que já foi aplaudida pelos Estados Unidos.</p> <p>Também o chefe da diplomacia francesa disse esta segunda-feira que o objetivo é trazer o regime da Coreia do Norte à mesa das negociações. Jean-Yves Le Drian consideram que só através das sanções e das negociações é possível resolver a tensão criada.</p> <p>A chanceler alemã, Angela Merkel, em plena campanha lembrou que vão ser feitos todos os esforços diplomáticos…para se tentar evitar um conflito militar.</p> <p>Entretanto o jornal norte-americano New York Times avanço com a notícia de que o combustível do rocket lançado pela coreia do norte teria vindo da Rússia e da China. Questionado sobre o tema, o Secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson não quis fazer qualquer comentário.</p> <p>O jornal diz que os serviços secretos dos Estados Unidos estão avaliar se o combustível fazia parte das reservas antigas do regime de Pyongyang ou se foi fornecido recentemente.</p>