Última hora

Última hora

Dezenas de crianças morreram no desmoronamento de um colégio mexicano

Desmoronamento de um estabelecimento pré-escolar no Sul da cidade do México, na sequência do terremoto que esta terça-feira abalou o país, provocou, só aqui, a morte a pelo menos 20 crianças e dois adultos. 38 pessoas estão dadas como desaparecidas.

Em leitura:

Dezenas de crianças morreram no desmoronamento de um colégio mexicano

Tamanho do texto Aa Aa

O desmoronamento de um estabelecimento pré-escolar no Sul da cidade do México, na sequência do terremoto que esta terça-feira abalou o país, provocou, só aqui, a morte a pelo menos 20 crianças e dois adultos. 38 pessoas estão dadas como desaparecidas.

As famílias desesperam com a falta de informação.

“A única coisa que as autoridades nos disseram foi para irmos aos centros forenses e hospitais para verificar se os familiares estão lá. Mas a minha família já foi lá e não temos novidades do nosso familiar,” revelou Jonathan Mendoza enquanto procurava o primo.

O Presidente mexicano deslocou-se ao Colégio Enrique Rebsamen, um dos cerca de 30 edifícios que entraram em colapso na capital por causa do terremoto de magnitude 7.1.

Acompanhado pelo chefe do Governo da Cidade do México, Miguel Angel Mancera, o Presidente Peña declarou que 30 crianças e oito adultos estão desaparecidos. Tendo acrescentado que mais de 500 membros do Exército e da Marinha, e 200 da Proteção Civil, realizam buscas para encontrar sobreviventes entre as ruínas.

A cadeia Univision publicou no seu site um vídeo com imagens dos primeiros momentos do resgate das crianças no colégio.