Última hora

"Estado da União": desilusão para Merkel, entusiasmo de Macron

Uma vitória com gosto amargo para Angela Merkel e um discurso europeísta inflamado por Emmanuel Macron são os temas em destaque no "Estado da União".

Em leitura:

"Estado da União": desilusão para Merkel, entusiasmo de Macron

Tamanho do texto Aa Aa

Uma vitória com gosto amargo para Angela Merkel e um discurso europeísta inflamado por Emmanuel Macron são os temas em destaque no “Estado da União”, programa que passa em revista a atualidade europeia da semana.

A chanceler alemã, Angela Merkel, ganhou o quarto mandato nas eleições legislativas com 33% dos votos, menos 8% em relação a 2013, naquele que é o pior resultado desde 1949.

O partido de extrema-direita, Alternativa para a Alemanha, entrará no Parlamento como a terceira maior força política do país.

Os social-democratas (SPD), que ficaram em segundo lugar, já anunciaram que não vão renovar a grande coligação com Angela Merkel.

As opções da chanceler para formar um governo são, portanto, reduzidas.

As eleições alemãs foram acompanhadas de perto pelo presidente francês. Desde a sua chegada ao Eliseu, Emmanuel Macron não perde a oportunidade de falar do eixo franco-alemão para dar novo fôlego à União Europeia.

Macron apresentou, esta semana, o seu roteiro para o futuro do projeto europeu e pediu aos Estados-membros que mostrem “audácia”.

Destaques na agenda da próxima semana:

-domingo, 1 de outubro: Partido Conservador britânico começa conferência anual de quatro dias

-segunda, 2 de outubro: Início da sessão plenária do Parlamento Europeu, em Estrasburgo