Última hora

Última hora

Milhares desfilam em Barcelona pela união e bom senso

Entre cartazes a dizer "Somos Espanha", o mote foi de dar a ver aqueles que não têm subido ao palco dos acontecimentos.

Em leitura:

Milhares desfilam em Barcelona pela união e bom senso

Tamanho do texto Aa Aa

“Vamos recuperar o bom senso” – uma semana após o choque produzido pelas cenas de violência em Barcelona, foi de calma e racionalidade que se falou na imensa manifestação deste domingo.

Entre cartazes a dizer “Somos Espanha” ou “Mais Convivência, Menos Independência”, o mote foi de dar a ver aqueles que não têm subido ao palco dos acontecimentos. E para que isso aconteça, nada como um discurso de um Nobel da Literatura, Mario Vargas Llosa.

“O nacionalismo encheu a história da Europa, do mundo, de Espanha com guerras, sangue e mortos. Há já algum tempo que o nacionalismo anda a provocar estragos na Catalunha. É por isso que estamos aqui hoje, para travá-lo”, declarou o escritor.

Também o antigo presidente do Parlamento Europeu, Josep Borrell, tomou a palavra. “Eu vejo aqui algumas bandeiras independentistas, mas a nossa bandeira é a europeia”, afirmou.

Esta heterogénea manifestação pela unidade de Espanha decorreu dois dias antes do tão aguardado discurso do presidente catalão, Carles Puigdemont, no Parlamento, que marcará os próximos passos do independentismo.