Última hora

Última hora

Espanha aguarda em "suspense" discurso de Puigdemont

Em leitura:

Espanha aguarda em "suspense" discurso de Puigdemont

Tamanho do texto Aa Aa

Foram centenas de milhares que encheram, este domingo, as ruas de Barcelona para pedirem a unidade da nação espanhola.

Uma enorme vaga, até agora silenciosa, que contou com a participação de pesos pesados da política europeia e do mudo da cultura, como o ex-presidente do Parlamento Europeu Josep Borrel ou ainda o Nobel da Literatura, Mário Vargas Lhosa.

Um desfile para apelar ao “bom senso”, após as cenas de violência que marcaram o referendo independentista da Catalunha, uma semana antes e dois dias antes do discurso anunciado do presidente da região catalã, Carles Puigdemont.

A expectativa é enorme sobre o passo político que se seguirá. Mariano Rajoy disse numa entrevista que “não exclui nenhuma solução legal” numa referência à possível suspensão da autonomia da Catalunha e realização de eleições locais, mas espera que “não seja necessário recorrer a soluções extremas”.

A Espanha suspende a respiração até terça-feira à tarde, altura em que está prevista a declaração do presidente do governo da Catalunha, Carles Puigdemont.