Última hora

Última hora

Produção mundial de vinho deve recuar para valor histórico em 2017

Os dados revelados esta terça-feira pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho, alertam para o impacto de fenómenos como a "geada e a seca" sobre a produção. Em Portugal espera-se uma subida.

Em leitura:

Produção mundial de vinho deve recuar para valor histórico em 2017

Tamanho do texto Aa Aa

Por causa de “condições climatéricas adversas”, principalmente na Europa, em 2017 a produção mundial de vinho deverá recuar para “um dos valores mais baixos em várias décadas.”

De acordo com dados revelados esta terça-feira pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), este ano a produção deve atingir os 246,7 milhões de hectolitros o que representa uma quebra de 8,2% em relação a 2016.

Entre os três maiores produtores mundiais, estima-se uma queda de 23% na produção total em Itália e de 19% em França, onde o clima afetou grande parte das principais regiões de cultivo, incluindo Bordeaux e Champagne.

Espanha antevê uma produção inferior em 5,8 milhões de hectolitros o que representa uma redução de 15% em relação ao ano passado.

As boas notícias chegam de Portugal onde apesar da seca extrema a organização prevê uma subida de 10% na produção de vinho em 2017.

A acompanhar a tendência estão a Roménia, Hungria e Áustria.