Última hora

Última hora

Romenos contra política anticorrupção do governo

Milhares de pessoas participaram num protesto contra os projetos-lei do governo para a justiça. Manifestantes denunciam enfraquecimento da luta anticorrupção

Em leitura:

Romenos contra política anticorrupção do governo

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de romenos manifestaram-se este domingo contra o governo social-democrata que acusam de pretender enfraquecer a luta contra a corrupção. Na capital, Bucareste, concentraram-se cerca de 20 mil pessoas mas o protesto estendeu-se a vários pontos do país.

Em causa estão três projetos-lei que, de acordo com os manifestantes, conduzirão a uma reforma do sistema judiciário e ao enfraquecimento do poder dos procuradores que investigam os casos de corrupção.

A oposição acusa o governo de ameaçar a independência da justiça.

No inverno passado o governo saído das eleições de dezembro já tinha tentado aprovar legislação semelhante mas viu-se confrontado com as maiores manifestações na Roménia desde a queda do regime comunista de Nicolae Ceausescu.

O país é regularmente apontado pelas instâncias europeias como um mau exemplo relativamente ao problema da corrupção.

O próprio chefe do partido social-democrata, Liviu Dragnea, está a ser investigado por desvio de fundos europeus, de abuso de poder e de falsificação de documentos. Em 2016 foi condenado a dois anos de pena suspensa por fraude eleitoral.