Última hora

Última hora

O Porto de Abidjan, centro económico da costa ocidental africana

As autoridades levam a cabo um projeto de expansão e de renovação das infraestruturas, que deverá concluir em 2019.

Em leitura:

O Porto de Abidjan, centro económico da costa ocidental africana

Tamanho do texto Aa Aa

Satisfazer as necessidades do tráfego marítimo é a ambição do Porto Autónomo de Abidjan. Para atingir esse objetivo, foi lançado um grande projeto para expandir e modernizar o centro económico da Costa do Marfim.

Um porto atualmente congestionado. Todos os anos, mais de 20 mil milhões de toneladas de mercadorias passam anualmente. Os trabalhos começaram há dois anos. Espera-se que o projeto fique concluido em agosto de 2019. O projeto é importante também para os vizinhos da Costa do Marfim sem acesso ao mar, como o Mali, o Burkina Faso ou o Níger.

O projeto inclui a construção de um canal mais amplo e mais profundo. Graças à iniciativa, será possível receber os maiores navios de sempre. Outro aspeto importante é a construção de um novo terminal de contentores, que permita multiplicar a carga recebida todos os dias.



O novo terminal conquista terreno à lagoa onde fica situado o porto. O projeto é levado a cabo pela construtora China Harbour Engineering Company. Serão utilizados blocos de betão gigantes para o desenvolvimento do cais.

O porto foi concebido para servir toda a região. Quando se deu a crise na Costa do Marfim, algumas das embarcações foram desviadas para Lomé, no Togo e para Tema, no Gana ou Cotonu, no Benim.

As autoridades do Porto de Abidjan esperam que, uma vez conluido o projeto, a região possa assumir o papel de hub da costa ocidental africana.
Com António Oliveira e Silva, Catarina Ruivo e Nuno Prudêncio